sexta-feira, 20 de maio de 2011

Colinenses nº 38 - Cronista municipal - Crônica do Emb. Renato Prado Guimarães



Cronista municipal

                     Dei-me conta de que sou um cronista municipal. De Colina, claro. O que me fez lembrar aqueles versinhos maldosos do Carlos Drummond de Andrade, dedicados ao Manuel Bandeira:

                    O poeta municipal
                    Discute com o poeta estadual
                    Quem é capaz de bater o poeta federal.

                    Enquanto isso o poeta federal
                    Tira ouro do nariz.

                    Nas últimas crônicas tenho andado meio ambicioso, atrevido, transgredindo meus limites colinenses: tô falando de Jaborandi e Terra Roxa, Viradouro, Morro Agudo,  sem contar  Guaíra e Miguelópolis,  que vêm de antes, do buraco no mapa (Colinenses no. 6). Estas duas aí de cima (38 e 39), que dizem respeito a São Paulo (Capital e interior), me colocam na categoria intermediária dos cronistas estaduais. É bem verdade que também escrevi sobre Inhotim (quem conhece?), que fica em Minas. Cronista interestadual, pois. Agora tenho de dar um jeito  de virar cronista federal.

                     Bem que  eu ando precisado de  tirar ouro de alguma parte!


SOBRE O AUTOR:

Renato Prado Guimarães nasceu em Colina, Estado de São Paulo.
Começou a carreira profissional como jornalista, nas “Folhas” e no “O Estado de S. Paulo”; paralelamente, formou-se na Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco.Diplomata desde 1963, foi Secretário de Embaixada em Bruxelas e Bogotá, Chefe do Escritório Comercial do Brasil nos EUA, Cônsul Geral ad interim em Nova York, Ministro-Conselheiro na Embaixada em Washington e Encarregado de Negócios junto aos EUA, ad ínterim.Promovido a
Embaixador em 1987, exerceu aquela função na Venezuela, no Uruguai e na Austrália (cumulativamente, também na Nova Zelândia e em Papua-Nova Guiné). Foi igualmente Cônsul-Geral do Brasil em Frankfurt, na Alemanha, e em Tóquio, no Japão.
No Brasil, foi Chefe da Divisão de Programas de Promoção Comercial, porta-voz do Itamaraty na gestão Olavo Setúbal e Chefe do Gabinete do Ministro Abreu Sodré; fora de Brasília, foi Chefe do Escritório do Ministério das Relações Exteriores em São Paulo – ERESP, que instalou.Aposentou-se em abril de 2.008. Reside atualmente em Colina, sua terra natal, interior de São Paulo, Brasil.
É o autor de “Crônicas do Inesperado”, lançado em outubro de 2.009.


Para contatos, usar o endereço de e-mail rpguimar@gmail.com
Aberto às suas opiniões, sugestões, etc... 

para saber mais sobre o autor, por favor, acesse os links:
http://colinaspaulo.blogspot.com.br/2012/04/renato-prato-guimaraes-autor-colinense.html

ou seu blog: http://www.ccbf.info/blog