sábado, 18 de fevereiro de 2012

Indústria em Colina


Encontram-se instaladas no município, indústrias de grande, médio e pequeno porte: Sucocítrico Cutrale (suco concentrado de laranja), Companhia Energética São José (Usina de Açucar, Álcool e Co-geração de Energia), FRICOL - Frigorífico Colina (frigorífico de suínos), COLITEX (Beneficiamento de látex), Usina Borracha da Fazenda Santa Helena, Fábrica de Artefatos de Cimento, Fábrica de Brinquedos, Cargil e Coopercitrus (armazenamento e comercialização de grãos), Sociedade Elétrica Padrão (metalúrgica), LAMF Química Metalurgica, Fábrica de Móveis (JT Madeiras e Movelharias), Viveiros de mudas agrícolas e ornamentais, Granja de Frangos, Granja de Suínos, Produção artesanal de artigos de couro (botas, botinas e bolsas), Algodoeira, etc.Usina da Petrobras em Colina (SP) vai produzir 44 milhões de litros de etanol na próxima safra

Projeto é fruto de uma parceria com a empresa Tereos Internacional
           A Petrobras Biocombustível e a Tereos Internacional, por meio da Guarani, inauguraram, nesta sexta-feira (26/8), uma destilaria de etanol na unidade São José, em Colina (SP). A usina fabricava somente açúcar e passa agora a produzir etanol para atender à crescente demanda do mercado nacional pelo produto.
        Foram investidos R$ 30,8 milhões na construção da destilaria, que tem capacidade para produzir 500 mil litros de etanol por dia, o que corresponde a 110 milhões de litros por ano. Para a safra 2011/2012, a estimativa de produção da unidade é de 44 milhões de litros de etanol.
        Para o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, o início da produção na destilaria faz parte do movimento de retomada de investimentos no setor. "Estamos contribuindo para migrar de um ambiente de crise de oferta para um cenário de produção sustentável de etanol", afirma. Segundo ele, a destilaria faz parte do conjunto de investimentos da ordem de R$ 800 milhões aprovados para o estado de São Paulo através da Guarani.
        Na avaliação do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, a inauguração agrega parcela importante à produção de etanol no Brasil. "A Petrobras está ingressando fortemente na produção de etanol. Em breve, sairá de 5% de participação para 12%", disse, referindo-se à meta do Plano de Negócios 2011-2015 da companhia.
        A unidade São José iniciou suas operações em 2003 processando 1,5 milhão de toneladas de cana-de-açúcar e, com novos investimentos a partir de 2006, alcançou capacidade para processar 4 milhões de toneladas de cana.

Colina, 26 de agosto de 2011 - Foi inaugurada a destilaria da unidade São José da Guarani em Colina. A unidade, que fabricava açúcar cristal e VHP, passou a produzir etanol em grande escala com o objetivo de atender à crescente demanda interna pelo produto. A unidade, que fabricava açúcar cristal e VHP, passa a produzir etanol em grande escala com o objetivo de atender à crescente demanda interna pelo produto.
Ao todo foram investidos R$ 30,8 milhões no projeto, que tem capacidade para produzir 500 metros cúbicos de etanol por dia, o que corresponde a 110 mil metros cúbicos por ano-safra. Para a safra 2011/12, a estimativa de produção da unidade é de 44 mil metros cúbicos de etanol.
A inauguração da destilaria contou com a presença do Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão e a alta direção da Tereos Internacional, Guarani e Petrobras Biocombustível.
De acordo com o Presidente da Tereos Internacional, Alexis Duval, "A Unidade São José iniciou suas operações em 2003 processando 1,5 milhão de toneladas de cana-de-açúcar. Com nossos investimentos desde 2006, possui capacidade para processar 4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. A inauguração desta nova destilaria é motivo de orgulho e mais um importante passo para o crescimento do grupo".
Para o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, o início da produção na destilaria faz parte do movimento de retomada de investimentos no setor. “Estamos contribuindo para migrar de um ambiente de crise de oferta para um cenário de produção sustentável de etanol”.
A unidade industrial São José passou a fazer parte do Grupo Guarani em 2006.

 Diab Taha, José Carlos Andrade, Valdemir Antonio Moralles e ao fundo a Companhia Energética São José
COMPANHIA ENERGÉTICA SÃO JOSÉ - Usina Guarani
RODOVIA BRIGADEIRO FARIA LIMA - Km 410 - FAZENDA SÃO JOAQUIM, S/N° - CP26 - ZONA RURAL - COLINA (SP) - CEP 14770-000
Telefone: (17) 3341-9300 / (17) 3341-9311
Website:
www.acucarguarani.com.br
Unidade São José da Empresa Açúcar Guarani


Cutrale
 Rodovia Brigadeiro Faria Lima, km 409 - Colina SP






Fachada da Colitex (Látex Centrifugado) que fica na estrada rural, próximo de onde antigamente funcionou o matadouro.
O Colinense, 9/junho/2011







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário