terça-feira, 7 de maio de 2013

Mesquita de Colina por Renata Paro


Colina

União Beneficiente Muçulmana de Colina

Caixa Postal 110 - CEP 14770-000
Colina - SP 
Presidente: Yassim Ramadan


Uma mesquita (em árabe:مسجد) é um local de culto para os seguidores do Islã. Os muçulmanos frequentemente referem-se à mesquita utilizando o seu nome em árabe, masjid (plural: masajid). A palavra masjid significa templo ou local de culto e deriva da raiz árabe sajada (raiz s-j-d, "prostrar-se", em alusão às prostrações realizadas durante as orações islâmicas). A palavra mesquita é usada para se referir a todos os tipos de edifícios dedicados ao culto muçulmano.
O objectivo principal da mesquita é servir como local onde os muçulmanos possam se encontrar para rezar. No entanto, as mesquitas são também conhecidas pela seu papel comunitário e por serem as formas mais expressivas da arquitetura islâmica
Hoje em dia, a maioria das mesquitas possuem cúpulasminaretes e salas de oração que podem assumir formas elaboradas. Surgidas na Península Arábica, as mesquitas podem ser encontradas em todos os continentes em que existem comunidades muçulmanas. Não são apenas locais para o culto e a oração, mas também locais onde se pode aprender sobre o islão e conviver com outros crentes.
Uma vez inaugurada, a mesquita torna-se um espaço sagrado que supera o fato de ser simplesmente um lugar religioso porque, sendo sagrado, deve ser respeitado e venerado e, portanto, somente a comunidade decide quem pode ser admitido dentro desse espaço e quem não pode, porque sua presença o profanaria.

Minarete

Um elemento comum às mesquitas é o minarete, uma torre alta e delgada geralmente situada num dos cantos da estrutura da mesquita. O minarete é geralmente o ponto mais alto da mesquita e muitas vezes o ponto mais alto na área onde a mesquita se situa.
É através do minarete, cuja altura superior às casas que o rodeiam tem a função prática de fazer chegar mais facilmente aos fiéis a voz do muezim que os chama para as cinco orações diárias.













Cúpula da mesquita
As cúpulas são igualmente um dos elementos mais associados às mesquitas, estando presente na arquitetura islâmica desde o século VII. As cúpulas, são uma representação do universo visto por Deus, rente ao limbo das cúpulas "acima e externamente ao salão das orações" normalmente é aplicado uma lua crescente com uma estrela, mostrando tratar-se de uma imagem da terra visto além das estrelas fixas. 





Salão das orações
O salão das orações, também conhecido como musalla, não possui mobiliário. As cadeiras e os bancos estão ausentes do local, de modo a permitir que o maior número de crentes o possam ocupar. Ao contrário de outros locais de culto, as imagens de pessoas, de animais e de figuras religiosas não existem no salão, devido à oposição do islão à representação da figura humana e por se considerar que os muçulmanos devem fixar a sua atenção em Deus.
Do lado oposto à entrada para o salão de orações encontra o muro qibla. Este muro deve estar posicionado numa linha perpendicular à cidade de Meca. Os crentes rezam em filas paralelas à qibla e assim ficam virados em direção a Meca. Em geral no centro deste muro está o mirhab, um nicho que por vezes é ricamente decorado. Durante a oração da sexta-feira um púlpito ou minbar é colocado perto do mirhab, a partir do qual é dado o sermão (khutba). O minbar é feito de madeira, pedra ou mármore e muitos são portáteis.








O Islam No Brasil
Há hoje no Brasil, um milhão de Muçulmanos, e estão espalhados por todo o território brasileiro, sendo que as maiores comunidades se encontram nas cidades de, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba, Rio Grande do Sul e Foz do Iguaçu.
Na sua maioria são descendentes de árabes como Libaneses que é a maioria, Sírios, Palestinos, Egípcios e outras nacionalidades, somando-se a eles muitos outros convertidos Brasileiros, e entre está comunidade Islâmica de diversas nacionalidades, há um convívio fraternal e harmonioso.
A cada ano que passa aumenta ainda mais o número de brasileiros convertidos ao Islão  já existe hoje centros islâmicos fundado por brasileiros, aonde há diversas atividades tanto religiosa, como de divulgação do Islamismo para os brasileiros, com palestras em escolas, faculdades e universidades, distribuição de livros com temas da religião Islâmica, e panfletos informativos.
Em todo o país existem mais de 100 mesquitas e salas de oração, na capital paulistana a 5 mesquitas, incluindo a primeira mesquita edificada na América Latina, A Mesquita Brasil, a principal mesquita do Brasil, que começou a ser construída em 1929.

Você sabia que Jesus é um dos profetas do Islam?
Alcorão identifica uma série de homens como profetas do Islam. Os muçulmanos acreditam que estes indivíduos receberam de Alá (Allah, "Deus") a missão especial de orientar os seres humanos no caminho do monoteísmo e do bem. Muitos destes profetas são também referidos nos textos sagrados do judaísmo e do cristianismo.
O profeta Isa (Jesus), que os muçulmanos acreditam ter profetizado a vinda de Maomé. Os muçulmanos aceitam o nascimento de Isa a partir de uma virgem, mas não acreditam que ele tenha morrido na cruz; em vez disso Isa ascendeu ao céu.
Todos os profetas são humanos e não seres divinos. Os muçulmanos devem acreditar em todos eles, sem fazer qualquer tipo de distinção. Quando um muçulmano se refere ao nome de um profeta ele acrescenta "que a Paz e Bênção de Deus estejam sobre ele" em sinal de respeito.
Cinco profetas são alvo de particular atenção no islamismo: Nuh  (Noé),  Ibrahim  (Abraão), Musa (Moisés), Isa (Jesus) e Muhammad (Maomé), que foi o último profeta, sendo por isso conhecido como o Selo dos Profetas.

Fonte: Wikipedia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Profetas_do_isl%C3%A3o




Meca é a sede da Masjid al-Haram ("Mesquita Sagrada"), a maior mesquita do mundo. Foi construída em volta da Caaba (no quadro), para o qual todos os muçulmanos se voltam ao fazerem suas orações diárias.