segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Comentários/depoimentos de internautas sobre Colina


Deixe o seu também!

24/julho/2012


Francisco Carlos que é de Pirapózinho mas mora em Ariquemes (RO) escreveu no Facebook em 8/junho/2011: "Cacilda!!!!!!!  Porreta essa  Colina, hein!  Tem História."

Analice Miquilini, de Belém (PA) comentou no Facebook em 8/junho/2011: "Nossa! Que saudades. Brinquei muito nesta praça. Tive minha primeira queda de bicicleta e quebrei meu dente. É... essa não é uma boa lembrança, mas o válido é lembrar que tive uma infância muito saudável nessa maravilhosa cidade. Também dei muitas voltinhas ao redor da fonte da praça ao som de Pombinha Branca (kkkkkk). Gente, bons tempos aqueles, paqueras, flertes com direito a bilhetinhos... Rs.... Eu morei por cerca de 12 anos em Colina e meus avós  eram a Sra. Idalina Gonçalves e o Sr. Luiz Miquilini e tenho parentesco com alguns Buzzulini daí. Bjs.

O céu de Colina é mais lindo!
Nestor de Oliveira Filho publicou em seu blog (link na coluna ao lado) e nos enviou: - Amigos, todas as vezes que visito Colina (SP) me entusiasmo e me emociono. Tanto por rever os meus queridos e matar aquela saudade dorida, como por rever o esplendor da imensidão divisando a terra e o céu. Numa palavra, me extasio ao olhar o céu de Colina. Não existe céu mais lindo que este!
Dias atrás trocando mensagens com o amigo Padre José Pedro Batista, quando ele, enaltecendo sua querida Itararé (SP) e cantando amores pela sua terra natal, pelo seu sítio e pela casa onde ele nasceu e viveu sua infância e juventude, e (ele) vendo também com que amor e carinho eu trato e tento divulgar com poesias e canto a minha querida Colina; enviou-me esta mensagem:
Caro amigo Nestor, agradeço-lhe pelo comentário que fez pela maneira que trato minha terra. E concordo com sua observação de que o "céu de nossa terra parece mais bonito". E tenha certeza de que o nosso céu natalino é mais bonito porque ele é mais do que uma beleza estética, mas uma beleza que condensa uma reserva de sentido existencial em todas as dimensões humana, sobretudo sócio-político-religiosa, que desperta em nós o sentido da pertença, da relação de poder a que nos envolvemos e das razões que nos motiva a viver. Por isso o céu de Colina sempre será o Santuário onde Deus se manifestou com amor pleno para o senhor e para todos que lá nasceram. Deus abençoe e proteja o senhor e sua família. Com carinho.
Padre José Pedro Batista (Vigário Paroquial na Grande São Paulo)

Nestor de Oliveira Filho - 01/06/2008

Paulo Rodrigues, de Itumbiara (GO) comentou nossas fotos no Facebook e escreveu em 01/junho/2011: "Olá Colina, um dia essas fotos também serão lembradas pelos nossos filhos... quero estar perto pra poder contar minha história nessa amada cidade... Deu até um nó na garganta agora... rsrsrs!!!" Tenho um carinho enorme por essa cidade... minha familia é dos Braite... minha vovó mora até hoje aí!!! abrasss!!!

Raquel Sandrini Cucolo escreveu no Facebook em 31/maio/2011: "Gente, Colina tem muitas historias lindas, eu acho que é isso que tanto nos encanta!!!! O Bairro do Monte Belo então.... são histórias emocionantes de todos os tipo, desde a chegada de seus moradores e até de assombrações!!!! É muito bom ouvi-las!!!! Vocês poderiam publicar algumas no blog, o que acham??? Gente para contar é o que não falta!! Abraço..." Assim que for para colina vou pedir a meu pai para me contar uma historia bem interessante do Monte Belo e mando para vocês, pode ser???"

Raquel Sainati Gharibian, de Fortaleza (CE) escreveu no Facebook em 29/maio/2011: às vezes podem até achar irônico.... estou em Fortaleza, no Ceará, da janela eu vejo o mar..... estou em casa, trabalhando, mas com vontade de estar em Colina... bjs a tds..... Meu pai foi pra Colina, acho que em 1970. Ele era diretor da Sanderson, em Bebedouro e comprou um sítio, perto da Gurita, do Aymar Paro, se não me engano. O sítio do meu pai ficou conhecido como "É aqui", porque quando ele se casou, no civil, em Colina, colocou placas escritas "é aqui", placa tipo seta, para que os convidados soubessem onde era o casamento. Muita gente chama o síto de "É aqui", mas pouca gente sabe o motivo.

Antonio Sergio Torquato, de São Paulo (SP)- 23 de maio de 2011 20:26
Assunto: Prova de Colinense.
Boa noite!
Se você entrar no Colinense Digitalizado e olhar os jornais de 1950 até 1954 (não tem todos) vai ver que o Diretor é José Torquato e o Redator, depois Diretor, Oswaldo Torquato, são meus tios, irmãos do meu pai. O Oswaldo ainda é vivo, com quase oitenta anos, e mora em Campinas. Meu irmão mais velho limpava os tipos de impressão com menos de 10 anos.


Amo Colina!
Nasci em São José dos Macacos. Sinto ainda seu cheiro. Obrigada por ter lembrado da nossa querida terra. O homem passa mas a historia fica. Postado por Bebeteca em 22 de maio de 2011 10:38, de Bebedouro (SP)

http://bebetecamajo.blogspot.com/

  Nestor, de Americana (SP) disse... Falar sobre Colina para mim é um orgulho, gosto demais da minha terra. Em todos esses anos de minha vida e em todos os lugares que estive sempre falei e exaltei o nome de Colina, nunca sequer perdi uma oportunidade. Falar sobre Colina me dá prazer. Visito Colina e meus parentes quase todos os anos. Nestor de Oliveira Filho - 21/maio/2011

Os depoimentos/comentários acima foram enviados para este blog...

Colina é o paraiso. Nasci em Colina-SP em 1953. Meus pais decidiram morar em SP Capital em 1960. Ainda guardo na lembrança minha 1ª infancia, sinto gosto do guaraná e ouço ainda o barulho das charretes pela rua aos sabados quando ia fazer compras com meus pais na Casa Brasil. Há pelo menos 50 anos sonho todos os dias andando pelas ruas de Colina. Tenho certeza que o PARAISO é em Colina - SP. Um grande abraço. Isaura Marques C. de Brito.
http://www.vende.com.br/casas-venda/sp/colina/comprar-casa-sobrado/

Nasci em Colina-SP, mudei para a capital ainda criança, em 1960. Vivi nas casas numeros 4 e 20 na fazenda Caçula. Ainda hoje guardo na lembrança o barulho das charretes o gosto do guaraná que tomava aos sábados quando ia pra cidade com meus pais fazer compras na Casa Brasil. Tive uma 1ª infancia maravilhosa em Colina. Guardo no meu coração lembranças maravilhosas e tenho certeza que o PARAISO é em COLINA. As aves aqui na capital não GORGEIAM como aí. Beijos a todos. Por: Isaura Marques Cavalcanti de Brito.

Minha saudade é imensa de Colina, estou escrevendo um livro sobre meu nascimento e minha infancia vivida em Colina. A Fazenda Caçula, as Fazendas Paineira e Retiro fazem parte da minha vida. Meus pais, já falecidos, guardam registros desde 1939. Fui batizada nesta igreja maravilhosa na minha lembrança. Ainda tenho guardado meu primeiro vestido cujo tecido foi comprado na Casa Brasil. Guardo uma seringa da primeira injeção que tomei na Farmácia do Fiore. Na Festa do Cavalo se Deus quizer estarei presente com todos da minha familia aqui de São Paulo, vou mostrar-lhes o PARAISO.... Um grande abraço a Todos os COLINENSES como eu. Por: Isaura Marques Cavalcanti de Brito

Eu e meus 8 irmãos somos nascidos no bairro Monte Bello, município de Colina. Sou neto do sr. Antonio Benedito Paro, proprietário da Fazenda Monte Bello onde está situada a Igreja de Nossa Senhora Aparecida... O que tenho como recordação especial de Colina é a Igreja de São José, no centro da cidade, onde nossa família sempre ia à missa quando não havia missa no Monte Bello, que era somente no primeiro domingo do mes... Outro ponto marcante de Colina é a estação da Estrada de Ferro Paulista, onde hoje está o museu. Cheguei a prestar concurso para trabalhar no telégrafo da estação, por isto marcou muito na minha vida.... Hoje, 21 de abril, aniversário de Colina, coincide com a data que saimos de Colina onde moramos um ano (1965), para virmos morar em Americana. em 21 de abril de 1966. Ficaram na região de Colina, várias pessoas pertencentes à nossa família, Paro e Tonus... à qual pertenço... Tenho muitas lembranças boas de Colina e também muitas saudades... confirmo... Por: José Mario Tonus, de Americana (SP)

No km 404, saindo de Sampa, Capital, sentido interior pela Rodovia Washington Luis, lá no alto se vê a linda , pacata e hospitaleira Terra de "Venâncio", conquistador, hoje a charmosa cidade que enriquece o interior paulista, por seu cheiro, seus encantos, sua gente, seus educadores, seus governantes, por todos os que gostam de um clima ameno, de cavalgadas, de bicicleta, de simplicidade... Venham conferir... Por: Monica Uliano

Eu nasci em Colina, vivi minha infância, adolescência e fiquei até os 18 anos. Hoje vivo em Santo André mas morro de saudades de Colina, uma cidade maravilhosa, de um povo muito bonito, alegre de viver. Temos lá a praça da cidade onde nos finais de semana o povo se encontra para comer, tomar chopp. A nossa cidade é muito conhecida pelos cavalos, daí o cognome de Capital Nacional do Cavalo. A festa do Cavalo é em julho. Temos o maior campo de polo do Brasil, temos o lago que está situado dentro da cidade, temos as fazendas que são lindas. Eu nasci numa fazenda chamada de Sítio do Zanetti. Meu avô, um dos moradores mais antigos da cidade chamava-se Sebastião Bossi. Visitem Colina, vocês não vão se se arrepender, quem vai uma vez quer ir sempre. Essa é a nossa querida Colina. Por: Elisangela da Silva

Colina, Capital Nacional do Cavalo, tem tradição na criação e utilização de cavalos pra lida, locomoção e esportes (hipismo e pólo). Sua história é ligada à história do cavalo em nosso estado (crioulo Mangalarga). Na revolução de 32, ajudamos a montar a CAVALARIA DO RIO PARDO. Temos a COUDELARIA PAULISTA, onde se cria bretões (cavalo de tração) e é centro de pesquisa em equinos de repercussão internacional. Seu slogan, não por acaso, é Cidade Carinho: clima ameno, povo amável, cidade serena e afável. Estamos abrindo para o turismo rural. COLINA É TUDO DE BOM! Por: Diva Dechen

Moro em Colina há 12 anos e gosto muito daqui. Colina é uma cidade muito tranquila, um lugar muito bom de se viver. Colina vem crescendo ao longo do tempo e tenho certeza que vai se trasformar cada vez mais numa cidade melhor. Venha conhecer! Quem gosta de lugares tranquilos com certeza vai gostar daqui. Por: Ismene

Tenho orgulho ao dizer que nasci em COLINA, de onde saí aos meus 11 anos. Moro em CAMPINAS e sempre que posso vou visitar minha cidade natal, que amo muito .O ar lá é diferente, a vida lá passa mais devagar e faz a gente refletir ao ver aquele povo tranquilo. SAUDADES daquela praça da igreja matriz e sua fonte colorida. Lá se paquerava as meninas... e depois subia para o GRÊMIO, onde dançava-se e se divertia... SAUDADES... Por: José Alberto Chiareli


Passei minha infância em Colina. Amo esta cidade. Mudei de Colina com 11 anos. Quando me aposentar volto a morar em Colina. Hoje moro em Santo André, SP. Tenho 50 anos. Por: Zoraide Marcelino
 
os comentários/depoimentos estão no site: http://www.ferias.tur.br/cidade/9067/colina-sp.html, no qual se pode anunciar e colaborar, enviando fotos, notícias e impressões sobre Colina. Vale a pena uma visitinha...


E há outros comentários sobre fotos e sobre Colina no Facebook. Clique aqui: Facebook para acessar...