domingo, 5 de fevereiro de 2012

Nestor de Oliveira Filho poeta e escritor diletante

Nestor de Oliveira Filho
Nestor de Oliveira Filho é grande colaborador e incentivador deste blog

Genealogia Família Paro (em parceria com Valdemar Vello) livro em edição - 2010: https://sites.google.com/site/livroparo/home

Nestor assim se classifica: não sei o que dizer de mim, não sou escritor. No campo literário eu me considero um sonhador, sou um aprendiz de poeta.

MONTE BELO O PARAÍSO DOS MEUS SONHOS - livro em edição particular, 2002http://nestoroliveirafilho.blogspot.com/feeds/posts/default
Nestor disse: Falar sobre Colina para mim é um orgulho, gosto demais da minha terra. Em todos esses anos de minha vida e em todos os lugares que estive sempre falei e exaltei o nome de Colina, nunca sequer perdi uma oportunidade. Falar sobre Colina me dá prazer. Visito Colina e meus parentes quase todos os anos. Nestor de Oliveira Filho - 21/maio/2011

SONHOS E CAMINHOS - livro em edição particular, 2006
CANTAR A VIDA ATRAVÉS DA POESIA - livro em edição particular, 2005

MINHAS LEMBRANÇAS - livro em edição particular., 2003
POEMAS DE UM SONHADOR - livro em edição particular, 2002

Ele abre seus quatro livros com este texto:
"Não é minha pretensão, ao apresentar este trabalho, que me chamem de poeta, mas, simplesmente um sonhador. Pois é sonhando que se tem esperança, e quando tem esperança se sente confortado, e este conforto traz a paz. Na paz sente-se realizado, e a realização traz a felicidade. Na felicidade encontra-se o amor; e o AMOR é DEUS!
 Na minha infância, em casa com toda a família reunida, ou na lavoura quando cada um com uma enxada os acompanhavam nos trabalhos da roça, meus pais contavam-nos belas histórias, contos e estórias. Contavam-nos muitos fatos interessantes acontecidos na família, fatos que vinham desde a mocidade de seus avós, de seus pais, passando pela infância e juventude de meus pais e chegava até nós, com nossas peripécias e artes. Esse carisma de meus pais marcou-me muito, e assim tornei-me um sonhador..."
E os encerra assim:
"Na juventude a mesa fica repleta de vidas, na velhice fica repleta de ausências. Envelheci; mas tenho tanta infância dentro de mim, tal, como quando nasci. Criei filhos; não são donos do mundo, mas, contribuí com o Criador. Plantei árvores; se talvez não deram frutos, pelo menos fazem sombras àqueles que andam ofegantes ao calor do sol do meio dia.
Escrevi livros; pode ser que ninguém os leiam. Mas valeu a pena por eu ter tentado retribuir ao mundo, esses Dons que, de graça, Deus me deu.
Ser íntegro custa caro. Por não me dividir, sou feliz !"

Participou da Antologia Literária no Livro; PAI, UM AMIGO, UM HERÓI, da Casa do Novo Autor Editora Ltda, editado em 2001

É casado com Zenaide Paro Tonus de Oliveira, nascida na Fazenda Monte Belo. É pai de Maria Auxiliadora, Nestor Ezequiel, José Roberto e João Paulo. E avô de Bruno Albert, Aline Maria, Vinicius Henrique, VitorHenrique, Gabriel e Estêvão. Sogro de Edvaldo, Viviane e Jussara.
Foi Técnico Químico, trabalhou na indústria têxtil, onde se aposentou.
É líder comunitário católico, pertence à paróquia de São João Bosco de Americana. É membro de uma família que sempre gostou de escrever e de cantar. Desde Rio Claro (RJ) terra de seu pai, como em Barretos, Jaborandi e Colina, sua terra natal, e agora em Americana (SP).



Nestor nasceu nesta casa na Fazenda São Joaquim, em Colina, no dia 22/11/1946. Viveu sua infância e parte da juventude na roça. Morou onze anos na fazenda Monte Belo. Aos dezesseis anos de idade, no dia17/09/1962, mudou-se, juntamente, com sua família para a cidade de Americana (SP), onde mora até hoje.
Filho de Nestor de Oliveira e de Maria Pires de Oliveira; seu pai é fluminense, nascido na cidade de Rio Claro (RJ), e sua mãe é paulista, nascida na cidade de Araras (SP). Seus avós paternos: Ezequiel de Oliveira e Sebastiana Cândida de Oliveira são fluminenses. Seus avós maternos: Joaquim Pires de Oliveira é mineiro de Belo Horizonte, e Teresa Hermann é alemã da capital Berlim.

E passou parte de sua infância e adolescência na Fazenda Monte Belo
Foi crismado nesta Igreja e escreveu em seu louvor:

Estudou e concluiu o primário no Grupo Escolar do Monte Belo
Festa de entrega do Diploma de Quarto Ano dos formandos do Grupo Escolar Professor Adão Correa Melges do Bairro Monte Belo, Colina SP (12/12/1957)
guarda até hoje o livro que ganhou como prêmio por assiduidade escolar, de sua professora do quarto ano primário Dona Ercília Nascimento Paro

Nestor de Oliveira Filho publicou em seu blog e nos enviou: - "Amigos, todas as vezes que visito Colina me entusiasmo e me emociono. Tanto por rever os meus queridos e matar aquela saudade dorida, como por rever o esplendor da imensidão divisando a terra e o céu. Numa palavra, me extasio ao olhar o céu de Colina. Não existe céu mais lindo que este!"
Sempre que pode, visita sua cidade natal:


Fazenda de Antonio Paro F°: Nestor, Ricardo Alexandre Paro, Nestor Ezequiel

visitando parentes e amigos:




Delícia almoçar no sítio, comida feita no fogão-a-lenha - com Juvenal de Souza e Aparecida, no Monte Belo

E assim vou levando a vida - Monte Belo - plantação de Urucum (colorau)

Nestor já participou de peças de teatro e escreveu vários artigos para o jornal O Liberal, de Americana: desde poesias, recordações, "causos" até globalização: 




clique sobre a foto para aumentar

E é autor dos blogs:


Mantém um canal no Youtube:

filme Monte Belo NOF (YouTube)
Fazenda Monte Belo, Colina SP
Saudades do meu povo

Colina SP fotos antigas - NOF.wmv (YouTube)

Este vídeo é para matar a saudade, tem várias fotos antigas da cidade de Colina SP e uma bela música. Para aqueles que amam sua terra natal e gostam de relembrar sua bela infância revendo fotos, pessoas e lugares que marcaram positivamente suas vidas.

Colina SP 1957 Filme Atualidades Brasilia (NOF) (YouTube)

Nos anos de 1990 o Sr. João Paro mandou converter parte aproveitável de um filme de cinema de Colina de 1957 em Video cassete e nos emprestou para que tirássemos cópias. Eu (Nestor) e Cláudio fizemos algumas cópias. Uma dessas cópias pedi para o Mário converte-la em DVD e esse DVD converti em filme ...