quinta-feira, 1 de março de 2012

A ocupação do território - Pinturas

Estas pinturas nos permitem imaginar como teria sido a conquista e a ocupação do território onde está Colina pelos entrantes mineiros: os Junqueira

Para se fixarem no nordeste paulista como criadores e agricultores, Francisco Antônio Diniz Junqueira e João José de Carvalho (dois dos mais importantes “entrantes”, isto é, desbravadores do Norte/Nordeste Paulista) e suas famílias fizeram parte do processo migratório originário do sul de Minas.
Munidos de concessões de sesmarias , migraram para a região nordeste de São Paulo, onde chegaram em setembro de 1816. Ocuparam definitivamente as terras situadas na margem esquerda do Rio Grande e foram os primeiros desbravadores da região compreendida entre os rios Grande, Pardo e Cachoeirinha.
Em 5 de setembro de 1816, acamparam às margens do Ribeirão do Rosário e ali ficaram detidos por chuvas torrenciais e incessantes até o dia 27 de setembro, mas não partiram e resolveram ali ficar, criando a Fazenda Invernada, até hoje existente. João José de Carvalho e esposa se instalaram na atual Morro Agudo, em uma fazenda chamada Santo Ignácio.
Até chegarem aí, passaram por São Bento de Aracoara, Arraial Bonito do Capim Mimoso (atual Franca), Mato Grosso de Batatais e Morro do Chapéu (atual cidade de Morro Agudo). Atingiram a barranca do Rio Pardo alcançando o córrego Cachoeirinha, improvisando canoas para realizarem a travessia do caudal.
A Fazenda Invernada foi o primeiro núcleo de povoamento de Morro Agudo (então distrito de Batatais) e que era um gigantesco latifúndio, com 70 mil alqueires, área que abrangia os atuais municípios de Guaíra, Barretos, Olímpia, Morro Agudo, Monte Azul, Jaborandi, Colina e Terra Roxa.



 
Índios Caiapós, que habitavam a região

Obras de Calmon Barreto,
Museu de Araxá:

 Bandeirantes no Caminho dos Goiases



Calmon Barreto, Museu de Araxá -
Os Tropeiros








Benedito Calixto

Cena rural intitulada No Pouso,
óleo sobre tela de Benedito Calixto, 1909

Rugendas:


Brasil, séc. XIX Família de Plantadores, obra de Rugendas. O núcleo familiar e os escravos conviviam na sala de estar

 Batuque

 Rugendas - Repos d'une Caravanne
 tropeiro - Charles Landseer - 1827
Fazenda Santa Maria, Bebedouro - 1909
Benedito Calixto